Filme | 8 indicações ao Oscar que são baseadas em livros

Este ano a cerimônia do Oscar acontece dia 28 de fevereiro, estando apenas algumas semanas de ver os vencedores do prêmio mais cobiçado do cinema.

Como ocorre em todos os anos, os livros se tornam inspiração para os filmes. E este ano o número é bem maior de livros adaptados para o cinema que recebeu indicação nas principais categorias do Oscar. Neste infográfico você pode conferir 8 principais filmes indicados que são baseados em livros, mas ainda existindo na lista de 2016 o filme 45 anos, baseado em uma pequena história de David Constantine – “In another country” e ainda o concorrente em melhor filme estrangeiro O Abraço da Serpente, baseado em diários de Theodor Koch-Grunberg e Richard Evans Schultes, que passou 40 anos ao longo do rio Amazonas em busca de uma planta curativa, Richard Evans ainda escreveu numerosos livros sobre plantas alucinógenas, incluindo “Where the Gods Reign: Plants and Peoples of the Colombian Amazon”.

O livro O Regresso que deu origem ao filme de mesmo nome lidera com 12 indicações, incluindo ator para Leonardo DiCaprio, em sua sexta indicação ao Oscar, e melhor diretor Alejandro G. Iñárritu, que venceu no ano passado por “Birdman”, ainda lembrando que o filme O Regresso foi grande vencedor do Globo de Ouro.

O nome A Moça de Copenhague era o título original de lançamento em 2002, mas com a produção do filme o livro mudou de nome para o mesmo que o filme A garota Dinamarquesa, embora o livro seja baseado na história de Einar Wegener e sua esposa, ele não é 100% baseado em fatos reais, como o próprio escritor define em nota final do livro “Escrevi o romance a fim de explorar o espaço íntimo que definia esse casamento incomum. Estas páginas contêm alguns fatos importantes acerca da transformação de Einar, mas os detalhes da história são invenções da minha imaginação”

 

Se gostou, compartilhe...Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestEmail to someoneGoogle+share on Tumblr

Comentários

Comentários

About Ems Monteiro

Na casa dos 20 anos, sou amante dessa cidade cinza que não dorme e nos surpreende em cada esquina, estação, museu... Fazendo faculdade de Arquitetura e Urbanismo e tentando sempre colocar minhas séries em dia, uma tarefa quase impossível.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CommentLuv badge