Música | O rock brasileiro não morreu

Muitos hão de falar que o rock nacional há muito tempo deixou de existir, permanecendo uma falha na música brasileira, um sentimento de falta, em que o advento do rock nos anos 2000’s passou e agora só resta a espera de um dia isso mudar. A questão é que o rock nacional realmente entre as “massas populares” diminuiu e cada vez mais as rádios tocam outros gêneros, onde o pop toma conta das paradas, mas ainda há bandas que estão presentes, dando vida ao rock nacional, vindo de cada canto do Brasil, o rock criando suas vertentes com identidade forte combinada com o experimentalismo.

Supercombo 

Criada em meados de 2003, a banda traz uma proposta de som completamente desprendida, com uma diversidade de influências que cria um som característico. Seu último CD – Amianto, traz músicas imprevisíveis e de arranjos bem trabalhados. Suas músicas de destaque fica com: Amianto, Ela, Piloto Automático e Menino. Onde as letras brincma com o cotidiano e situações da vida.

Scalene

Surgiu no ano de 2009 entre uma conversa despretensiosa sobre o que é necessário para compor uma banda, que acabou lançando um EP e vem ganhando espaço no cenário nacional aos poucos. Seu CD – Éter, traz um estilo próximo a post-hardcore, que também foi trabalhado no seu CD anterior – Real/Surreal, com uma evolução musical a banda mostra um cenário arriscado, mas gratificante do rock. Os destaques fica para as músicas: Legado, Silêncio, Histeria e Surreal.

Suricato

Participante do programa Superstar, da Globo, chegando ao final. Foi apadrinhado pelo cantor Dinho Ouro Preto, após passar para a segunda fase com a música ‘Come Together’. Com um estilo voltado para o fokl/rock, seu segundo CD – Sol-te contém um trabalho nas músicas voltado para o violão que remete para uma paisagem paradisíaca. De destaque vem as músicas: Diante de qualquer nariz, Bom começo, Trem e Talvez.

Far From Alaska

Nascida em 2012, ganhou o concurso “Som para todos” que teve a oportunidade de tocar no Planeta Terra Festival, ainda por cima tendo sido elogiados por nada menos que Shirley Manson, vocalista do Garbage. Com seu CD de debut – modeHuman, cumpriram com o que prometeram, um rock de influências diversas e contrastantes. Os destaques fica com as músicas Relentless Game, Dino vs Dino, About Knives e Thievery

A banda Far From Alaska ainda possui músicas com a participação de Scalene (Relentless Game) e Supercombo (Surrendo)

 

Se gostou, compartilhe...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Pin on Pinterest
Pinterest
Email to someone
email
share on Tumblr
Tumblr

Comentários

Comentários

About Ems Monteiro

Na casa dos 20 anos, sou amante dessa cidade cinza que não dorme e nos surpreende em cada esquina, estação, museu... Fazendo faculdade de Arquitetura e Urbanismo e tentando sempre colocar minhas séries em dia, uma tarefa quase impossível.

2 comments on “Música | O rock brasileiro não morreu

  1. Não morreu e nem vai morrer, felizmente! A grande questão é que a grande massa, o nosso “povão” dá audiência pra outros estilos não tão bons. E a audiência atrai o dinheiro que gera um ciclo vicioso. Eu tenho esperanças de que um dia isso pode mudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CommentLuv badge