Resenha | A Seleção (A Seleção #1) – Kiera Cass

a-selecao-inspiration-boxTítulo Original: The Selection (A Seleção #1)

 Autora: Kiera Cass

 Editora: Seguinte

 Sinopse: Nem todas as garotas querem ser princesas. America Singer, por exemplo, tem uma vida perfeitamente razoável, e se pudesse mudar alguma coisa nela desejaria apenas ter um pouquinho mais de dinheiro e poder revelar seu namoro secreto. Um dia, America topa se inscrever na Seleção só para agradar a mãe, certa de que não será sorteada para participar da competição em que o príncipe escolherá sua futura esposa. Mas é claro que seu nome aparece na lista das Selecionadas, e depois disso sua vida nunca mais será a mesma…

A primeira coisa que me chamou atenção nesse livro, ainda na época que ele foi lançado, foi a capa. Aliás, todas as capas dessa série são lindas, na minha opinião. Ajuda o fato de eu ser fã de contos de fadas e histórias com príncipes e princesas desde pequena, claro. Depois de ser envolvida pela capa, li a sinopse e curti e o resto é uma história romântica *risos*.

e7a4b307aca3b8a1ff473a372d01bebcEm A Seleção, o mundo está bem diferente. Um tempo depois da Terceira Guerra Mundial (isso mesmo, a terceira), os países não existem mais como nós os conhecemos. Os Estados Unidos viraram o Estado Americano da China, e em seguida, Illéa, que é onde se passa a história. O povo de Illéa é dividido em castas sociais (sendo a Um, a mais alta, a da família real) e a Oito a mais baixa (que se resume a mendigos, indigentes e etc). Nossa protagonista, America Singer, é uma Cinco. Como todos da sua casta, ela é uma artista. Com dezessete anos, ela canta e toca alguns instrumentos, e ajuda sua família a se manter.

E então ela é Selecionada. E o que é a Seleção? Sempre que o herdeiro da família real é um homem, acontece a Seleção, que é nada mais, nada menos, do que um reality show onde o príncipe herdeiro escolherá uma esposa entre 35 garotas das mais diversas castas, que são sorteadas aleatoriamente. America não quer ser Selecionada, mas acaba sendo. E têm grandes surpresas ao conhecer o príncipe Maxon, de quem vira amiga.

“- America, minha querida, espero muito que encontre algo nesta jaula por que valha a pena lutar. Depois de tudo isso, não posso deixar de imaginar como seriam as coisas se você realmente se esforçasse.” | Pág. 130

Eu achei a trama é bem desenrolada, e particularmente, amei a forma como Maxon e America, aos poucos, vão se envolvendo. Nada de amor à primeira vista ou declarações de amor eterno na segunda conversa (algo que eu até gosto, mas é bom uma mudança pra variar). O romance se desenvolve, e eu também fui me apaixonando aos poucos pelas personagens. Há, porém, um triângulo amoroso com o ex-namorado e ainda amor de America, Aspen, que no início me deixou com raiva, mas aos poucos eu vi que o Aspen não é lá de todo ruim. Só não sou fã de triângulo amoroso, pra falar a verdade.

a-seleção-kiera-cass-inspiration-box
“Ela seria minha, e eu seria dela.”

Não só o romance, como também o relacionamento de America com as outras Selecionadas é explorado. Como sua amizade com outra selecionada, Marlee, e sua rivalidade com Celeste, a “vadia” da história.

“-Por isso – continuei – não vamos nos preocupar. Pode me contar o que quiser. Guardo seus segredos se guardar os meus. Vou me apoiar em você, e, se quiser, pode se apoiar em mim. É bom ter amigas aqui.” | Pág. 219

No Skoob a minha classificação do livro ficou nas 5 estrelas, e pra mim, foram merecidas. É um livro leve, apaixonante, daqueles que te envolvem na história e atiçam a curiosidade de saber o que vai acontecer a seguir. Também tem um pouquinho de ação, com os ataques rebeldes acontecendo no Palácio Real bem no meio de tudo! Eu me surpreendi com o livro, de verdade.

É isso por hoje. Conheça também A Elite (A Seleção #2) 

Onde Comprar: 

Físico: Submarino – SaraivaAmazon – FnacLivraria Cultura – Americanas

E-book: AmazonSaraivaLivraria Cultura

Capa Dura: (Exclusiva Saraiva)

Stay inspired.

Imagens: [1] [2] [3]

 

Se gostou, compartilhe...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Pin on Pinterest
Pinterest
Email to someone
email
share on Tumblr
Tumblr

Comentários

Comentários

About Raquel Rodrigues

25 anos, cristã, enfermeira. Tenho alma de fangirl e sou viciada em twitter e chocolate. Amo coca-cola, e quase tudo que engorda (o que é uma pena). Amante da minha cama, de livros, música em inglês, seriados, e quase tudo que envolva super-heróis. Procrastinadora quase profissional. Aspirante à escritora, romântica incurável, sonhadora eterna. ;)

4 comments on “Resenha | A Seleção (A Seleção #1) – Kiera Cass

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CommentLuv badge