Resenha | Vincent – Barbara Stok

vincent11

Título Original: Vincent: A história de Vincent Van Gogh

Autora: Barbara Stok

Editora: L&PM

Sinopse: Em 1888, após uma estadia de dois anos em Paris, Vincent van Gogh muda-se para Arles, no sul da França. Se por um lado o ambiente o enche de contentamento e esperança, por outro agravam-se seu desequilíbrio e sua angústia, piorados ainda pela falta de dinheiro É esse turbulento e rico período, crucial para a compreensão do gênio Van Gogh, que a artista gráfica Barbara Stok retrata.

Se existe dois pintores ao qual sou apaixonada são eles Vincent van Gogh e Piet Mondrian e quando vi essa graphic novel sobre a história de Vincent tive que conferir. Um trabalho de tamanho cuidado e percepção de como foi a vida do pintor, de sua loucura, seus problemas de saúde até sua paixão por pintar.

Van Gogh é um dos artistas mais emblemáticos do mundo inteiro, seja pela suas obras ou história de vida, tal história já contada em livros e documentários afora, mas o que essa graphic novel traz de especial é a forma como foi contada sua história, incorporando cartas de Vincent a seu irmão Theo, além de podermos presenciar a paisagem e local onde Van Gogh pintava, ora fazendo relação com suas pinturas, ora mostrando a forma como ele se relacionava com suas obras.

Nesta biografia de Van Gogh podemos ver o tempo em que o pintor passou em Provença, deixando para trás seu irmão Theo, determinado a colocar na tela tudo o que via e se inspirava, onde ao mesmo tempo, sonhava com a criação de um estúdio de artistas famosos, que seriam acima de tudo, totalmente dedicados a arte. É nesta vontade de se dedicar tanto a pintura que Vincent se vê doente e cansado, sua melhoria só se dá quando seu primeiro convidado aparece na casa, Gauguin, mas tal melhoria não dura muito tempo e Gauguin cada vez mais cansado da intensidade de Van Gogh acaba por ir embora. Seus ataques de loucura ficam frequentes, além de sua depressão profunda, fazendo-o como conhecemos da história, cortar sua orelha em um de seus ataques. Podemos então compreender um pouco como se dava sua vida através de suas pinturas, conseguindo transmitir a dor aguda e melancólica e seu temperamento singular.

“Sinto como se a história do homem fosse como a história dos cereais: se você não é semeado na terra para germinar, que importa? Você é moído para ser transformado em pão. A diferença entre a prosperidade e a adversidade, o bem e o mal, o bonito e o feio é relativo demais.” Vincent: A história de Vincent Van Gogh – pág. 109

Uma das coisas que mais gostei na Graphic Novel é o trabalho do desenho com a mesma tonalidade de cores usadas nas pinturas de Vincent van Gogh, além de transmitir com singularidade o homem que foi Vincent, o homem por trás da pintura. Retratando momentos marcantes da vida do pintor e sua concepção dos quadros mais famosos, como o Terraço do Café na Praça do Fórum e A Noite Estrelada, com um quê a mais que a Graphic Novel ganha por ter sido feita com parceria e apoio do museu em Amsterdan, o Van Gogh Museum.

 

Onde Comprar:  Submarino SaraivaAmazon – Livraria Cultura – Americanas

 

badge_post_01

Se gostou, compartilhe...Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestEmail to someoneGoogle+share on Tumblr

Comentários

Comentários

About Ems Monteiro

Na casa dos 20 anos, sou amante dessa cidade cinza que não dorme e nos surpreende em cada esquina, estação, museu... Fazendo faculdade de Arquitetura e Urbanismo e tentando sempre colocar minhas séries em dia, uma tarefa quase impossível.

8 comments on “Resenha | Vincent – Barbara Stok

      1. OMG Andreia <33333 já fico imaginando quando eu puder fazer isso, parabéns pela iniciativa de educar seus filhos na leitura desde cedo e por comentar. bjos

  1. Não entendo nada de artes e também não vejo muito graça em quadros super famosos, então minha opinião nesse assunto não vale coisa nenhuma. Mas achei super amor as ilustrações que vc postou, muito paint style de um jeito fofo.
    Anyway, inventei de fazer aula de pintura uma vez quando criança e pintar um quarto inspirado de leve no Quarto original. Mas no meu tinham estantes cheias de livros etc. Ficou pavoroso hehehe ¯\_(ツ)_/¯
    Leticia Posts Recentes..O teste das 16 personalidades – MBTIMy Profile

    1. O legal dessa graphic novel é a forma como é contada a história de Vincent, vc não precisa nem conhece-lo para ler e se apaixonar e claro a ilustração é super fofa. Eu sou uma negação em desenho, principalmente se for pessoas haahha, mas prédios e natureza ainda consigo fazer algo aqui e ali.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CommentLuv badge