Série | A mitologia por trás de Teen Wolf – Parte 3

Este é um bestiário feito em 4 partes e hoje iremos falar um pouco mais sobre os monstros, entre eles Banshee, Druid, Darach, Nemeton e Oni. Se você perdeu duas outras partes, pode conferir logo abaixo.

A mitologia por trás de Teen Wolf

Parte 1 | Parte 2  | Parte 4

Banshee

Origem: A Banshee é dito ser uma fada na lenda irlandesa e seu grito é um presságio de morte. Quando alguém avistava uma Banshee sabia logo que seu fim estava próximo: os dias restantes de sua vida podiam ser contados pelos gritos da Banshee: cada grito era um dia de vida. Tradicionalmente as banshees só podiam lamentar para as cinco maiores famílias irlandesas: os O’Neills, os O’Briens, os O’Connors, os O’Gradys e os Klatte’s no caso, uma fada era responsável por cada família. Pela sua lenda, as banshees aparecem principalmente sob um dos três disfarces: uma jovem, uma mulher ou uma pessoa esfarrapada. Isso representa o aspecto tríplice da deusa Celta da guerra e da morte, chamada Morrigan, normalmente usando uma capa com capuz cinza, uma roupa esvoaçante ou uma mortalha.

Na série: Pode ouvir vozes em suas cabeças. Muitas vezes, isso acaba por levá-las inconscientemente para a cena do assassinato. A Banshee ainda pode às vezes escrever ou desenhar as mensagens das vozes sem perceber. Na série até o momento a banshee não aparenta estar sobre o controle de suas habilidades.

Peter Hale diz em Teen Wolf que o grito de uma Banshee é simplesmente um meio para um fim, abafando todos os outros sons para que ela possa se concentrar nas vozes que só ela pode ouvir. Estando ligada a alguma rede sobrenatural que transmite mensagens sobre a morte.  Isto foi visto em Motel California quando ouviu as vozes das pessoas mortas no motel, em Riddled quando ouviu a voz Stiles vindo de um alto-falante e outros sussurros quando ela arrancou as cordas em seu quarto.

Personagens: Lydia Martin, Meredith Walker e Lorraine Martin

Druid

Origem: Eram pessoas encarregadas das tarefas de aconselhamento, ensino, jurídicas e filosóficas dentro da sociedade celta, possuindo um conhecimento elevado das outras pessoas. Os druidas eram divididas em 6 classe diferentes, cada um com sua função e especialização, mas na prática todos cumpriam todas as funções, sendo os únicos detentores do entendimento da divindade: Druida-Brithem (juízes), Druidas-Filid (descendentes direto dos cosmos), Druida-Liang (curandeiros ou médicos), Druida-Scelaige (repetir a história dos celtas que lhe haviam sido contada por outros Scelaige), Druida-Sencha (o oposto dos Scelaige, deveriam compor outras novas histórias sobre o que estava ocorrendo) e Druidas-Poetas (contavam as histórias dos Scelaige para o povo).

Na série: Druidas, são conselheiros e emissários das alcateias, cada alcateia possuí um Druida. Os druidas vivem normalmente na sociedade, como qualquer um, mas dando serviço a uma alcateia, sendo muito importante para uma alcateia pois é uma fonte de conhecimento da mitologia e mágico. Fora do centro da cidade de Beacon Hills a um santuário druida, que cresceu de um porão de uma casa, que hoje só a o toco da árvore, a árvore é chamada de Nemeton, os druidas se reúnem para fazerem rituais e sacrifícios aos deuses. Possuem fortes conhecimentos sobre criaturas sobrenaturais.

Personagens: Alan Deaton, Marin Morrell e Jennifer Blake

Darach

Origem: Não consta

Na série: Assim como o Nogitsune é a versão maléfica da Kitsune, o Darach é a versão má do Druida. Onde Druid significa “Wise Oak ” e indica uma dedicação à filosofia e religião, já Darach significa “Dark Oak” e denota uma perversão das crenças do Druida.

Personagens: Jennifer Blake

Nemeton

Origem: Nemeton era um espaço sagrado da antiga religião Celtica. A origem da palavra “nemeton” tem sido muito debatida. Alguns estudiosos pensam que vem da palavra irlandesa velha NEMED , enquanto outros a vêem como ligada à palavra latina Nemus ou talvez a palavra grega temenos . Seja qual for a sua derivação, várias línguas parecem ter tido palavras de raiz semelhantes indicando “um lugar sagrado na floresta.” Principalmente situadas em zonas naturais, e muitas vezes sendo utilizado árvores,  interpretados como bosques sagrados. No entanto, outras evidências sugerem que a palavra implícita uma maior variedade de espaços rituais, tais como santuários e templos.

Na série: Localizado dentro de Beacon Hills, e que de acordo com o druida Alan Deaton, o poder do Nemeton é como um ímã que atrai criaturas sobrenaturais para si como um farol. Por muito tempo o nemeton permaneceu dormente e impotente, até que Derek matou sua namorada Paige entre as raízes da árvore. Este sacrifício de sangue não intencional alimentou a árvore o suficiente.

O toco da árvore Nemeton ganhou ainda mais força quando Scott, Stiles e Allison realizaram um ritual druida para localizar seus pais. Fazendo assim o Nemeton ter grande influência em outros sobrenaturais, como o Oni e até a abertura para o Nogitsune que estava preso.

Oni 

Origem: Vindo da lenda japonesa, são considerados como demônios, ogros ou trolls. Oni são normalmente descritos como hediondos, humanóides gigantes com garras afiadas, o cabelo despenteado e dois longos chifres crescem de suas cabeças, podendo ter números variados de olhos ou dedos extras. Eram vistos como praticamente imbatível, a única maneira de realmente dispersá-los era com ruídos alto e celebrações – até hoje algumas aldeias no Japão realizam esses rituais para afastar espíritos Oni.

Na série: São ferramentas sobrenaturais convocadas para realizar uma tarefa sem qualquer motivação pessoal. Na série o Oni busca por uma “Dark Kitsune”, também descrito como um “espírito escuro” que possuiu alguém. Tendo sida convocada e controlada pela quebra de facas especiais que são, aparentemente, a manifestação física da cauda da Kitsune de Noshiko Yukimura. A idade da “cauda” determinou o “poder” da Oni convocados. Seus olhos brilham uma cor dourada e verde semelhante aos vaga-lumes vistos saindo do Nemeton.

Enquanto armas feito pelo homem não machucam ou matam a Oni, uma bala de prata forjada por Chris Argent e pontas de flechas de prata forjadas por Allison Argent foram capazes de destruir os demônios. Também temos o Nogitsune que foi capaz de destruir as criaturas arrebatando um vaga-lume de dentro do corpo Oni.

[1] [2] [3] [4] [5] [6] [7] [8] [9]

O próximo post deste bestiário irá contar sobre os símbolos e elementos presentes em Teen Wolf. Até a próxima. 😀

badge_post_01

Se gostou, compartilhe...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Pin on Pinterest
Pinterest
Email to someone
email
share on Tumblr
Tumblr

Comentários

Comentários

About Ems Monteiro

Na casa dos 20 anos, sou amante dessa cidade cinza que não dorme e nos surpreende em cada esquina, estação, museu... Fazendo faculdade de Arquitetura e Urbanismo e tentando sempre colocar minhas séries em dia, uma tarefa quase impossível.

6 comments on “Série | A mitologia por trás de Teen Wolf – Parte 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CommentLuv badge